] Jornal Correio Popular


Sábado, 15 / 05 / 2021
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


SOLIDARIEDADE
Fhemeron emite alerta e apela para o aumento do estoque de sangue

Data da notícia: 2020-11-19 17:53:38
Foto: Divulgação
Bolsas de sangue do tipo O- e O+ estão em níveis baixos em todo o Estado de Rondônia

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia (Fhemeron), encontra-se com o estoque de bolsas de sangue do tipo O- e O+ com níveis baixíssimos em todo o estado. De acordo com a instituição, o suficiente para o atendimento de apenas um dia.

“O que a gente está precisando muito é da sensibilização geral. Não só de Porto Velho, como do estado inteiro. Os estoques são iguais, “O” positivo está baixo em todas as unidades: Porto Velho como Hemocentro Coordenador e os Hemocentros regionais de Ariquemes, Cacoal, Ji-Paraná, Vilhena e Rolim de Moura”, relata a assistente social, responsável pela captação de doadores da Fhemeron, Maria Luíza Pereira.

Ela explica ainda que a pandemia trouxe um saldo negativo para os hemocentros. “Houve uma queda muito drástica no estoque. E ora falta “O” negativo, ora falta “O” positivo. Então, esses dois tipos sanguíneos são preocupantes. Mas além deles todos os tipos são importantes para quem precisa de sangue”.

Atendimentos
Os atendimentos em Porto Velho são de segunda a sexta-feira, de 7h15 às 18h.
“Infelizmente, no mês de novembro, a Fhemeron não está abrindo aos sábados, lembrando que se a pessoa almoçar, tem que esperar três horas para doar. E importante também não vir em jejum”, lembra a assistente social, Maria Luíza.
Quem teve Covid-19 pode doar após trinta dias da cura.

“A gente espera contar com a colaboração das pessoas, dizer que final do ano está chegando, e desejando que realmente elas sejam tocadas para esse ato tão importante que é a doação de sangue. Lembrando também que final do ano tem uma tendência em aumentar o número de pessoas que precisam de sangue em razão dos excessos cometidos, no trânsito e nas festas’, ressalta o apelo.

Importante
A Fhermeron continua tomando os cuidados de distanciamento, e higienização para os atendimentos à população.
“Tem poucos doadores, mas distanciamento, higienização, pois o ambiente do Hemocentro já é um ambiente limpo, esterilizado, Todo material que é usado na coleta é descartável. Então, assim, quem tem sintomas de Covid-19, a gente pede para que fique em casa, que espere pelo menos quatorze dias antes de tentar uma doação de sangue”, finaliza Maria Luíza Pereira.


Fonte: Secom


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.