] Jornal Correio Popular
Ji-Paraná(RO), 17/06/2021 - 22:57
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


SAÚDE
Usina de oxigênio é instalada na UTI do Hospital de Ji-Paraná

Data da notícia: 2020-11-06 18:05:41
Foto: Assessoria/Divulgação
O prefeito de Ji-Paraná, Affonso Cândido, esteve na unidade para acompanhar a instalação dos cilindros

Na quarta-feira (4), a Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), deu um importante passo no processo de implantação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Municipal Dr. Claudionor Roriz, com o início da instalação da usina geradora de oxigênio.

Os equipamentos foram entregues e a montagem foi iniciada nesta semana, com a chegada do técnico responsável pela empresa contratada. Desde que assumiu a administração municipal, o prefeito Affonso Cândido (DEM) determinou à Semusa a adoção das medidas para o funcionamento dos leitos de UTI no HM.

O juiz Silvio Viana, da 4ª Vara Cível da Comarca de Ji-Paraná, deferiu pedido de liminar para viabilizar a instalação dos equipamentos. Com a decisão, a empresa contratada, que vinha postergando a responsabilidade, foi compelida a efetuar a entrega no prazo de cinco dias, sob pena de multa diária, fixada em R$ 10 mil.

“Fizemos diversos contatos com a empresa fornecedora, mas, depois de mais de 70 dias emitida a nota de empenho, a entrega não foi feita. Dependíamos dessa usina para inaugurar a UTI e atender a população, especialmente os pacientes da Covid-19”, explicou Affonso Cândido.
O procurador-geral do município, Silas Queiroz, destacou a sensibilidade do juiz em acolher o pedido de liminar, por se tratar de uma questão inadiável.

“Todos sabemos da grande demanda por leitos de UTI em nossa cidade. Não era razoável que o município, com os recursos em caixa e o procedimento licitatório regularmente realizado, ficasse privado dos equipamentos por descumprimento por parte do fornecedor”, enfatizou.
Com a instalação da usina de oxigênio, a expectativa é de que os leitos de UTI passem a funcionar até o fim deste mês.

Os novos leitos serão exclusivos para uso de pacientes com a doença e representam, segundo Affonso Cândido, um dos maiores avanços na saúde pública local.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.