] Jornal Correio Popular


Ji-Paraná(RO), 17/06/2021 - 23:09
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


ARTIGO
Ji-Paraná rumo ao novo Prefeito, as dúvidas continuam.

Data da notícia: 2020-09-18 18:49:32
Foto: 2- Artigo.jpg
*Por Washington Roberto Nascimento

*Por Washington Roberto Nascimento

Estamos nos aproximando do final de um ciclo de oito anos da esquerda frente à Prefeitura Municipal de Ji-Paraná, quando foram eleitos o então deputado estadual Jesualdo Pires e o empresário Marcito Pinto, Prefeito e vice, capitaneados pelo PSB, PDT, PT, PV e outros partidos.

Ji-Paraná tem uma população de aproximadamente 140 mil habitantes e 88.732 eleitores, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral - TSE, aptos para votarem nestas eleições de 2020 e, no dia 15 de novembro elegerão um novo Prefeito, Vice-prefeito e Vereadores.

Nas convenções municipais, que encerram no dia 16 de setembro, foram aprovados dois candidatos a Prefeito e Vice-prefeito de cada seguimento político:

A esquerda decidiu pelo atual prefeito Marcito Pinto, do PDT, com o vice Ari Saraiva do PSB. E o PT de marchar com a vereadora Claudia de Jesus e a empresária Divan.

Já pelo centro, optou pelo ex-vereador Isaú Fonseca e o vice Joaquim Teixeira, ambos do MDB. E pelo médico Dr. João Durval, do PP e o vice Ezequiel da Assembleia de Deus, do PSC.

A direita aposta nos advogados Lincoln Astré e Madalena Alencar ambos do PRTB, que é o partido do vice-presidente da República, e no deputado estadual Jhonny Paixão e o vice Moita, ambos do PRB, partido ligado à Igreja Universal, do Pastor Edir Macedo.

Independente das orientações políticas, seja ela de esquerda, centro ou direita, até o momento, nenhum dos partidos políticos, com seus respectivos candidatos, não apresentaram as suas propostas de governança para Ji-Paraná, porém deixaram muitas dúvidas nessas candidaturas aprovadas em convenções municipais, do porquê dessas divisões ideológicas para a disputa do Palácio Urupá. Não seria mais interessante se as correntes políticas tivessem se unido e apresentados um candidato por segmento ao invés de dois candidatos?

Que vença o candidato que melhor falar e apresentar suas propostas de governança para os eleitores, que a cada dia estão mais conectados e atentos via as redes sociais.

* É professor.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.