] Jornal Correio Popular
Ji-Paraná(RO), 17/06/2021 - 22:57
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


GAPC
10° Leilão Direito de Viver acontece no parque de exposições

Data da notícia: 2019-12-12 18:04:18
Foto: Assessoria/Divulgação
Sérgio Ferreira, Gislaine Dias e Silvia Cristina com a máquina de costura da década de 1950

A edição comemorativa aos 10 anos do Leilão Direito de Viver de Ji-Paraná será, sábado (14), a partir das 12 horas, no Parque de Exposições Hermínio Victorelli. A renda será revertida ao Hospital de Amor.

O evento é promovido pelo hospital, por meio de um grupo de voluntários, coordenados pelo presidente do Leilão do Direito de Viver, Sérgio Ferreira, e a coordenadora voluntária do Hospital do Câncer de Barretos (HCB) em Ji-Paraná, Silvia Cristina.
“Estamos trabalhando bastante para que o leilão, em Ji-Paraná, seja um sucesso e que o município continue mostrando o seu lado solidário”, comentou Silvia Cristina.

A 10ª edição do Leilão Direito de Viver de Ji-Paraná conta com o apoio do Grupo de Apoio aos Portadores de Câncer (GAPC).
“Em 2017, arrecadamos mais de R$ 500 mil com nosso leilão, recursos com renda total em prol ao Hospital de Amor. A participação popular foi surpreendente, e o resultado foi o arremate de brindes e bovinos que conseguimos através de nossos captadores. Acreditamos que nesse ano não será diferente e vamos superar as expectativas”, afirmou Sérgio Ferreira.

Entre as novidades, está o registro da doação de uma máquina de costura Singer (original) fabricada em 1950. “Essa máquina veio para o Projeto Força na Peruca, através de uma história minha sobre meu tratamento, que postei nas redes sociais, de uma moça chamada Cláudia. Ela tinha uma mãezinha, que se dedicava muito às obras sociais.

Quando ela faleceu, a filha viu à necessidade de entregar a máquina ao Projeto Força na Peruca, a pedido da mãe dela. Ela me entregou essa máquina para que eu pudesse fazer uma rifa, mas como o projeto tem aporte financeiro e no momento não era nossa necessidade, eu resolvi doar para o Leilão Direito de Viver”, disse a voluntária Gislaine Dias.

A organização realiza os últimos preparativos para realização do leilão. “Nosso objetivo será de superar as edições anteriores, tanto em volume de brindes, quanto na captação de bovinos e arrecadação. Na verdade, queremos, por meio desse evento, retribuir e agradecer as inúmeras parcerias estabelecidas com o Hospital de Amor, que tem feito grandes investimentos em prevenção, ensino e pesquisa para tratamento de pessoas acometidas com câncer”, ressaltou o presidente.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.