] Jornal Correio Popular


Ji-Paraná(RO), 25/06/2021 - 06:13
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


PRIMEIROS SOCORROS
Marcos Rogério pleiteia o Samu para municípios

Data da notícia: 2019-05-31 18:37:09
Foto: Assessoria/Divulgação
O senador articula a implantação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência para duas regiões rondonienses

Na próxima segunda-feira (3), seis secretários municipais de Saúde de cidades da região central Vale do Guaporé, participarão, em Brasília (DF), de uma audiência com o ministro da Saúde. Luiz Henrique Mandetta. O encontro com o ministro foi agendado pelo senador Marcos Rogério (DEM) que articula a implantação do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência para Ji-Paraná.
A partir da implantação do Samu, em Ji-Paraná, a cidade de Ouro Preto do Oeste ganharia uma extensão com duas viaturas munidas de três profissionais para efetuar resgates no âmbito regional, e a extensão do Samu pode beneficiar ainda o município de Presidente Médici, caso a administração tenha o interesse.
O prefeito de Ouro Preto do Oeste Vagno Gonçalves Barros “Panisoly” (PSDC), também vai estar na comitiva com o senador e os secretários na audiência com o ministro Luiz Henrique Mandetta.
A implantação do Samu em Ji-Paraná foi pactuada em 2014, porém até hoje o município não recebeu a unidade. No entanto, o senador Marcos Rogério está fazendo gestão política junto ao Ministério da Saúde para que a Portaria do Samu seja assinada.
O custeio para a atividade do Samu nos municípios é rateado em 50% para o governo federal, 25% para o governo estadual e outros 25% para a administração municipal.
O secretário de Saúde de Presidente Médici, Rubi Ferreira Costa, vice-presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Rondônia (COSEMS/RO), fará parte da comitiva na audiência no Ministério da Saúde.
Os secretários municipais devem reivindicar ao senador Marcos Rogério e ao ministro da Saúde melhorias relacionadas a portarias de reformas e construções de unidades de atendimento do SUS, e por recursos relacionados à portaria pendente do SAMU para o município de Ji-Paraná, que é a segunda maior município rondoniense.
O secretário de Saúde de Ouro Preto do Oeste, Cristiano Ramos, considera o projeto de extrema importância para os municípios da macrorregião. “A prioridade nossa é que venha o Samu vai ajudar muito toda a região e desafogar o trabalho do Corpo de Bombeiros”, admitiu.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.