] Jornal Correio Popular


Domingo, 24 / 01 / 2021
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


ADOLESCENTE
Apreendido vendendo drogas via WhatsApp

Data da notícia: 2019-02-26 11:43:10
Foto: Divulgação
No local foram localizados 37 frascos contendo substância que aparentava ser crack

Na noite de sábado (23) policiais militares do Patrulhamento Tático Móvel (Patamo) do 3º BPM, em Vilhena, conduziram dois menores de idade. Um deles era suspeito de vender entorpecentes e o outro de comprar a substância ilícita.
Durante patrulhamento, uma guarnição policial do Patamo recebeu a informação de que havia jovens comercializando entorpecentes no bairro Alto Alegre. Ao chegarem ao local indicado, os militares abordaram um adolescente de 17 anos, que estava próximo de um telefone público (orelhão) – local em que foram localizados 37 frascos contendo substância que aparentava ser crack.
Durante a abordagem, outro suspeito também de 17 anos, se aproximou do local com intenção de comprar a substância. Mas, ao perceber a presença da viatura policial tentou ir embora. Devido à atitude suspeita, os militares realizaram a abordagem ao rapaz, que confessou ir ao local com a finalidade de comprar a substância ilícita para um “amigo”.
O menor que tentava vender o entorpecente explicou que havia comprado o produto de um homem que já tinha sido preso por tráfico e que recebeu a “mercadoria” no início da noite, próximo ao local onde os policiais realizaram a abordagem. Todas as negociações da venda de entorpecentes eram realizadas via aplicativo de mensagens instantâneas, o WhatsApp.
Os dois suspeitos menores de idade foram conduzidos à Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) juntamente com os aparelhos celulares.


Fonte: Rondoniaovivo


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.