] Jornal Correio Popular


Ji-Paraná(RO), 17/06/2021 - 22:53
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


DIA DOS PROFESSORES
Sintero destaca conquistas e desafios enfrentados pela categoria em RO

Data da notícia: 2018-10-15 19:40:19
Foto: Assessoria/Divulgação
A presidente Lionilda Simão destacou que a desvalorização salarial da categoria é grande em Rondônia

Valorização salarial, condições de trabalho, reconhecimento pela importância da categoria, representatividade são algumas das lutas diárias dos trabalhadores em educação de estado de Rondônia. Na segunda-feira (15), data em que se comemora o Dia do Professor, a presidente do Sintero, Lionilda Simão, lembrou que já houve avanços, mas ainda é preciso mais atenção para os profissionais que formam a base de toda a sociedade.
Para a sindicalista, a comemoração do Dia do Professor é principalmente pela profissão que, segundo ela, deveria ser respeitada por causa da relevância e importância que tem para a sociedade. “A comemoração tem que ser no sentido de ver essa profissão com esse olhar de importância na sociedade, porque sem o professor não existe médico, dentista, advogado e entre outras profissões. Essa profissão tem que ser mais valorizada porque somos nós que formamos grandes profissionais”, enfatizou.
A presidente destaca que a desvalorização salarial da categoria é grande em Rondônia, assim como acontece no restante do país.
“Os professores não são valorizados na questão salarial que é uma vergonha porque geralmente, os educadores têm outras formações como pós-graduação e mestrado, fora outras formações que o profissional tem que ter para lecionar. Com tudo isso, quando analisamos o salário do professor, comparado às demais categorias que têm a mesma formação, a gente vê a grande diferença”, avalia a presidente.
Mesmo com os problemas, os trabalhadores ainda comemoram a data. “Nós temos que comemorar sim grandeza da profissão, porque fora isso, o que a gente vê é professor em salas de aula superlotadas e muitos com problemas de saúde. Os governantes deveriam criar políticas públicas para ajudar os servidores com esses problemas de saúde porque nós precisamos, mas infelizmente não é o que acontece”, admitiu a presidente.
Lionilda enfatiza que a valorização na área da educação é essencial para o bom rendimento em todos os aspectos dos profissionais e alunos. “Enquanto nós tivermos em um país que não valoriza o professor ele será um fracasso. Não temos investimento em educação e, a partir do momento que não investe na educação como um todo, deixa se investir no professor, salário, qualificação e condições de trabalho”, destacou.
Sobre a maior conquista da categoria, a presidente destaca a maior batalha que o Sintero já enfrentou no ano 2000, quando foram demitidos profissionais da educação por não serem concursados. “Nós não aceitamos as demissões, lutamos e saímos vitoriosos em uma situação que a Justiça de Rondônia já tinha dito que eles não seriam readmitidos no quadro de funcionários do estado. Lutamos porque eles tinham um decreto de estabilidade que conseguimos reverter. Com muita garra e determinação, o Sintero conseguiu que essas famílias tivessem de volta seus empregos”, lembrou.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.