] Jornal Correio Popular
Ji-Paraná(RO), 17/06/2021 - 23:36
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


FASE ESTADUAL
Finalistas do Joer falam da emoção do pódio

Data da notícia: 2018-08-30 09:19:42
Foto: Divulgação
Finais do Joer 2018 movimentaram alunos em várias modalidades coletivas

A equipe de futebol juvenil masculino da Escola Estadual Murilo Braga não ficou entre os três primeiros colocados dos Jogos Escolares de Rondônia, mas levou para Porto Velho uma medalha especial.
O goleiro Francisco Emanoel de Souza, 17 anos, recebeu a medalha fair play. O conceito está vinculado à ética no meio esportivo, em que os praticantes devem procurar jogar de maneira que não prejudiquem o adversário de forma proposital.
A arbitragem do Joer e organizadores, entenderam que o jovem goleiro Francisco Emanoel enalteceu da melhor forma o espírito de equipe, o companheirismo, jogando de maneira justa, ética e sem prejudicar o adversário de forma proposital.
“Infelizmente, a escola não ficou entre os três primeiros colocados, mas para mim é muito importante ter recebido essa medalha de fair play. Chegar aqui e poder competir foi uma experiência incrível. Tive a chance de conviver com outros atletas, de inúmeras cidades diferentes e em campo eu fui reconhecido pelo jogo justo, pela ética em campo.”, admitiu o atleta Francisco Emanoel.
Na mesma modalidade disputada pelo goleiro fair play, foi a equipe da escola Nilo Coelho, de Ministro Andreazza, a grande campeã do Joer 2018. O aluno-atleta Iudemar Francisco de Souza, capitão do time, comentou sobre o resultado. “A gente tá (sic) é muito feliz. Tivemos a chance e a gente aproveitou”. festejou o capitão da seleção da escola Nilo Coelho.
Também da categoria juvenil, a atleta de handebol Laura Milena Dressler, da escola Ulbra de Ji-Paraná, falou da emoção de participar do Joer e ficar entre os três primeiros colocados. “Participar dos jogos escolares é uma grande emoção. Aqui a gente enfatizou a colaboração em equipe, o companheirismo. A gente aprendeu a ter responsabilidade. E o esporte é saúde, fortalece o bem estar do corpo e da mente, nos mantem envolvidos por um objetivo”, ressaltou a atleta da escola Ulbra, 3ª colocada no Joer 2018. No handebol feminino, o título de campeã ficou para a escola Clarice Lispector, de Rolim de Moura.
Já no futsal juvenil feminino, as atletas campeãs não só comemoraram o título, como fizeram questão de agradecer a dedicação do treinador. “Foi a primeira vez que fomos campeãs e a emoção é grande demais. A gente sempre joga uma competição pensando em ganhar o título. O nosso técnico Eduardo Barros sempre se dedica muito pelo nosso time, para o nosso sucesso, e hoje nós pudemos retribuir o esforço dele. A sensação é de muita felicidade, fizemos a nossa parte e estamos levando o título para casa”, destacou a atleta Larissa Duarte, da escola Tancredo Neves, de Rolim de Moura.


Fonte: Decom – Gov/RO


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.