] Jornal Correio Popular


Terça-feira, 19 / 01 / 2021
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


RIVALIDADE
Guerra entre facções deixa três mortos em Ji-Paraná

Data da notícia: 2018-08-13 18:55:56
Foto: Comando190
Com a dupla, os PM’s localizaram as duas armas usadas no crime e muita munição

A guerra entre criminosas denominadas PCC (Primeiro Comando da Capital) e CV (Comando Vermelho), deixou três mortos na noite de sábado (11), em Ji-Paraná. O triplo homicídio aconteceu em frente de uma casa de shows, localizada no fim da rua K-5, no bairro JK, onde estava acontecendo a festa de aniversário de uma suposta integrante do CV, conhecida como Senhorita Barbye Marley.
De acordo com a polícia, a dona da festa, identificada como E.F.C., que comemorava o 24º aniversário, estava na frente da casa de shows, quando foi atacada por dois homens armados. Sem falar nada, os assassinos se aproximaram de Senhorita Barbye Marley. e começaram a disparar. Os tiros atingiram na testa, tórax e nuca da vítima.
Os bandidos ainda efetuaram disparos contra outras pessoas que estavam na frente da casa de shows. Eles também perseguiram e matar um casal identificado como E.C.F. de 18 anos e P.O.G.J. Para fugir, a dupla roubou a moto de uma jovem que estava pelo local.
Testemunhas ligaram para a polícia e informaram que os atiradores chegaram na festa em um veículo prata e que uma pessoa seguiu o veículo até próximo ao supermercado Irmãos Gonçalves (na T-14), onde um indivíduo desembarcou e seguiu a pé rumo a rodoviária.
Mais tarde, o suspeito foi abordado por uma guarnição do Patamo e identificado como G.P.C. vulgo “Brizola”. No celular dele, os policiais encontraram vídeos em ele e mais três comparsas aparecem comemorando o ataque.
Na mesma noite, na cidade de Presidente Médici, os assassinos furam um bloqueio policial e acabam caindo ao entrar na cidade. Eles foram identificados como R.S.S. vulgo “Baleado”, residente em Cacoal, e F.F.S. vulgo “Furunco”, apenado com mais de 100 anos de prisão que fugiu do Presídio Agenor Martins de Carvalho no mês de junho.
Com a dupla, os PM’s localizaram as duas armas usadas no crime, sendo um revólver calibre 38 e um revólver calibre 32, dezenas de munições, uma motocicleta roubada em Ji-Paraná e uma certa quantia em dinheiro.

PCC X CV
Durante o depoimento, R.S.S. ou “Baleado”, falou que pertence à facção criminosa “PCC” e não mostrou arrependimento por ter matado os três jovens. Ele também revelou que a intenção da quadrilha era matar mais pessoas, pois naquele local, segundo ele, estava acontecendo uma festa da facção rival, Comando Vermelho. “Não estou nenhum pouco arrependido, pois se eu não matar eles (sic), são eles que me matam, porque estamos em guerra”, declarou R.S.S.
A polícia também informou que R.S.S. é acusado de vários crimes na cidade de Cacoal, entre eles, roubo e várias tentativas de homicídios, em que as vítimas são membros do Comando Vermelho.


Fonte: Comando190


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.