FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Conheça a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Boa noite! Quarta-feira, 17 / 01 / 2018
AGRICULTURA
Claudia de Jesus anuncia mais recursos para o PAA

Data da notícia: 2017-09-13 11:16:07
Foto: Marcos Gomes/Divulgação
A vereadora garantiu que os produtores da agricultura familiar de Ji-Paraná terão mais R$ 200 mil para venda de alimentos
A vereadora Claudia de Jesus (PT) anunciou que o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), em Ji-Paraná, vai contar com mais R$ 200 mil para ampliar os benefícios, tanto a agricultores familiares quanto para entidades que participam do programa.
Na última terça-feira (5), Claudia de Jesus e o presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Ji-Paraná (STTR), Ernesto Ferreira, cumprindo agenda do Grito da Terra Brasil, em Porto Velho, se reuniram com a secretária-adjunta estadual da Agricultura, Mary Teresinha Braganhol.
“Neste encontro, conseguimos a ampliação [para Ji-Paraná] dos valores do PAA para aquisição de alimentos direto da agricultura familiar e, assim, o município poderá beneficiar um número maior de famílias inscritas no programa”, afirmou a vereadora petista.
Segundo ela, produtores rurais da agricultura familiar terão mais R$ 200 mil para garantir a venda dos produtos que são distribuídos gratuitamente para escolas públicas, hospitais e entidades assistenciais.
O PAA passou a ser gerido pela Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária (Semagri) durante a gestão de Claudia de Jesus (2013/2016). “Junto com o STTR, temos implementados todos os esforços para que o programa não pare e possa beneficiar o maior número de produtores rurais”, assegurou.
O PAA integra o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (SISAN) e entre suas principais finalidades estão o incentivo da agricultura familiar e a promoção do acesso à alimentação. O apoio aos agricultores familiares opera-se por meio da aquisição de produtos da sua produção, com dispensa de licitação.
A modalidade tem o objetivo de comprar produtos da agricultura familiar e posterior doação às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional. O desenho dessa modalidade é consolidado com a responsabilidade de ações de cada participante: organizações fornecedoras, beneficiários fornecedores, beneficiários consumidores e unidades recebedoras.


Fonte: Jairo Ardull


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
Copyright - EMPRESA JORNALÃ￾STICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.