FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Conheça a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Boa noite! Quarta-feira, 17 / 01 / 2018
CAPITAL DO AGRONEGOCIO
Rondônia Rural Show leva Ji-Paraná para o cenário internacional

Data da notícia: 2017-05-26 18:37:58
Foto: Assessoria/Divulgação
Quase 50 hectares se transformaram em um grande celeiro de inovações
(Da Redação) Foram seis meses de muito trabalho para construir em Ji-Paraná a sede definitiva da maior feira de tecnologia e agronegócio da região Norte do Brasil. No fim de 2016, quem esteve visitando a área, não imaginaria que em tão pouco tempo, os quase 50 hectares iriam se transformar em um grande celeiro de inovações com cultivares dos mais diversos, floresta plantada, piscicultura, pecuária, equipamentos e máquinas modernas, tudo a disposição dos produtores rurais e empresários de Rondônia, vários estados brasileiros e de pelo menos 15 países.

Para o secretário estadual de Agricultura, Evandro Padovani, a Rondônia Rural Show (RRS) se consolidou como a maior feira do gênero para a região, e a cidade de Ji-Paraná, ao receber esta feira, tornou-se uma vitrine demonstrativa do potencial produtivo de Rondônia para o mundo.

Dos 20 maiores eventos do agronegócio no país, a RRS se posiciona no oitavo lugar. “Diversas comitivas internacionais estão em Ji-Paraná, vendo de perto o que Rondônia tem de melhor”, lembrou Padovani.

A expectativa é que mais de 100 mil pessoas participem da feira nesta edição. São tantos visitantes que os hotéis localizados num raio de 100 quilômetros da cidade estão lotados. Os restaurantes também registraram grande movimento por conta do evento agropecuário.

A RRS está aquecendo a economia de Ji-Paraná, o município que mais cresce no estado de Rondônia. Para o prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires (PSB), a tendência é melhorar ainda mais. “A feira é uma eficaz ferramenta para que os empresários de fora conheçam o nosso potencial. E se eles têm interesse em investir aqui é por conta das condições que criamos e incentivos que oferecemos”, destacou.

Para o superintendente de Turismo de Rondônia, Julio Olivar, Ji-Paraná é um lugar estratégico para que a Rondônia Rural seja de fato uma vitrine de tecnologia do agronegócio.

“Vemos acontecendo aqui um turismo de negócios. Empresários e produtores rurais de vários lugares do Brasil e outros países estão na cidade para conhecer o que produzimos e temos a oferecer. A feira recebe investidores e expositores de projeção nacional e internacional de todos os segmentos do agronegócio. E com o apoio dado pelo município é possível tornar a sede do evento numa verdadeira vitrine que encanta quem é daqui e quem vem de fora nos prestigiar”, disse Julio Olivar.

A proposta do governador Confúcio Moura, idealizador da RRS, é que o novo parque tecnológico se transforme em espaço multiuso para pesquisas científicas e realizações regulares de eventos que fomente o crescimento do setor produtivo. Instituições públicas e privadas de ensino superior, tecnológico e técnico já se instalaram e iniciaram as produções na nova área com fins de estudos científicos.

“Rondônia é um estado produtor de comida. Aqui é o celeiro de novos conhecimentos para alavancar o setor produtivo”, disse o governador, em recente visita ao local.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
Copyright - EMPRESA JORNALÃ￾STICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.