FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Conheça a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Boa noite! Quinta-feira, 18 / 01 / 2018
DESENVOLVIMENTO
Aquisição de maquinários tem 70% da demanda

Data da notícia: 2017-05-26 18:34:40
Foto: Esio Mendes/Divulgação
Produtores buscam assistência para adquirir maquinário
(Da Redação) A Associação de Empresas de Assistência Técnica Rural Privadas do estado de Rondônia (Asterpron) e a Visão Rural, empresa que atua com projetos e assessoria em projetos agropecuários dividem um mesmo estande na 6ª RRS pela primeira vez. A união tem como proposta facilitar a prestação de serviço e esclarecimentos ao produtor rural.

O maior interesse dos clientes é pela aquisição de maquinários que responde por 70% da demanda. ‘‘Esse é 5º ano que a Visão Rural participa da feira e viemos com esse diferencial, junto com a associação. Estamos em 10 empresas atendendo desde o pequeno ao grande produtor com assistência técnica, projetos e assessoria rural’’, afirmou o diretor regional da Visão Rural e segundo secretário da Asterpron, Allen Cleiton Padilha do Prado.

Para o assistente administrativo da Asterpron, Edson de Oliveira, essa junção facilitará a interação entre produtores rurais, as empresas de assistência e instituições financeiras.

‘‘A gente percebe que esse trabalho vem para facilitar a vida dos produtores que muitas vezes desconhecem como esses processos acontecem’’, assegurou.

A assistência envolve desde a legalização fundiária à aquisição de crédito junto a entidades financeiras. Ocupa um papel estratégico junto aos produtores rurais que precisam resolver pendências burocráticas para ver os empreendimentos rurais avançarem.

Cerca de 30 propostas foram realizadas no primeiro dia da feira, principalmente pelo interesse de adquirir tratores. O que equivale a cerca de R$ 2,5 milhões. Mas para o diretor, o movimento ainda está tímido se comparado ao ano passado. O que ele atribui à cautela dos clientes diante do cenário econômico delicado do Brasil.

Em 2016, a empresa captou 196 propostas, chegando a mais de R$ 14 milhões em negócios. ‘‘A nossa expectativa é que melhore. A gente sabe que tem recurso disponível e o produtor que está receoso pode ficar tranquilo. O que segura a balança econômica desse país é o agronegócio’’, avaliou.


Fonte: Vanessa Moura – Assessoria.


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
Copyright - EMPRESA JORNALÃ￾STICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.