] Jornal Correio Popular
Ji-Paraná(RO), 28/05/2022 - 00:09
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.com.br


ELEIÇÕES 2022
Ex-ministro Ricardo Salles pode ser candidato ao Senado Federal por Rondônia

Data da notícia: 2022-01-20 18:36:16
Foto: Assessoria/Divulgação
Envolvido em denúncias, Ricardo Salles pediu demissão do cargo em 23 de junho de 2021

O empresário e pecuarista, Bruno Scheid (PL), pré-candidato a deputado federal, anunciou, quarta-feira (19), a pré-candidatura do ex-ministro Ricardo Salles ao Senado Federal por Rondônia. Salles foi ministro do Meio Ambiente do governo Bolsonaro de 2019 a 2021.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quem quiser disputar as eleições deverá ter domicílio eleitoral na região que pretende concorrer a, ao menos, seis meses antes do pleito. Também deverá estar com a filiação partidária aprovada no mesmo prazo.

O Senado é composto por três integrantes de cada estado e do Distrito Federal. Em 2022, o eleitorado de cada unidade da federação, incluindo Rondônia, poderá escolher apenas um senador ou senadora.

Em 2018, por exemplo, dois terços da Casa foram renovados. Ou seja, naquele ano, se elegeu em dois candidatos.

As articulações para a transferência do reduto eleitoral de Ricardo Salles para Rondônia vêm sendo construídas pelo próprio Bruno Scheid, que recentemente assinou filiação ao Partido Liberal (PL), acompanhando a decisão do presidente Jair Bolsonaro.

Segundo Scheid, o ex-ministro viria para compor uma chapa puro-sangue, com o senador Marcos Rogério, (governador), acompanhado da primeira-dama de Porto Velho, Ieda Chaves, (vice-governadora); Ricardo Salles (senador); e Bruno Scheid (deputado federal), juntos com o presidente Jair Bolsonaro (reeleição).

Sem revelar mais detalhes, Bruno Scheid afirmou que as tratativas para a mudança do ex-ministro do Meio Ambiente para o estado estão em andamento, e que, em breve, fará o anúncio oficial do próprio Ricardo Salles sobre sua pré-candidatura ao Senado por Rondônia.

“Ricardo Salles é uma pessoa a quem admiro muito. Suas qualidades como cidadão e político se enquadram perfeitamente no perfil de liderança que precisamos para ajudar na criação de grandes projetos de futuro para o nosso estado. Além disso, ele é uma personalidade pública experiente, de renome nacional e que, portanto, conhece melhor os caminhos e trâmites para que as demandas de Rondônia sejam atendidas pelo governo federal”, justificou Scheid.


Conheça fatos da trajetória do ex-ministro Ambiente

“Precisa ter um esforço nosso aqui, enquanto estamos nesse momento de tranquilidade no aspecto de cobertura de imprensa, porque só se fala de Covid, e ir passando a boiada, e mudando todo o regramento [ambiental], e simplificando normas”.

A frase famosa foi dita pelo então ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, na reunião ministerial do dia 22 de abril de 2020, e tornada pública por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

Desde que assumiu a pasta, o ministro criou regras que dificultaram a aplicação de multas; transferiu poderes do Ministério do Meio Ambiente para outras pastas; e tentou mudar o entendimento sobre normas como a Lei da Mata Atlântica.

Em junho de 2020, o STF autorizou a abertura de um inquérito criminal para investigar o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, por suspeita levantada por um delegado da Polícia Federal (PM) de que ele tenha atuado para obstruir uma apuração que levou à apreensão recorde de madeira ilegal na região amazônica.

Em julho do mesmo ano, o Ministério Público Federal (MPF) pediu afastamento de Sales do cargo de ministro do Meio Ambiente por improbidade administrativa, por considerá-lo responsável direto pelo desmonte do sistema de proteção ambiental do país, que causou aumento do desmatamento, das queimadas, dos garimpos ilegais e da Amazônia.

Ele pediu demissão do cargo em 23 de junho de 2021.


Fonte: Pesquisa CP e Extrarondonia


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.