FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Boa noite! Domingo, 25 / 02 / 2018
TRÂNSITO
AMT divulga relatório de multas aplicadas em 2017

Data da notícia: 2018-01-18 11:31:06
Foto: Assessoria/Divulgação
O presidente da AMT, Paulo Moura, admitiu que a infração mais comum é a falta do cinto de segurança
A Autarquia Municipal de Trânsito (AMT) de Ji-Paraná divulgou um relatório das autuações de trânsito aplicadas pelo órgão no ano de 2017. De acordo com o balanço, cerca de 2 mil multas foram realizadas no último ano.
O músico Samuel Sena foi uma das pessoas autuadas no último ano. O jovem motorista parou o carro na vaga destinada a idosos. Segundo ele, a multa serviu como aprendizado.
“A gente só aprende quando mexe no nosso bolso. Parei em uma vaga preferencial e fui multado. Na hora não pensei, mas, às vezes, uma pessoa de idade precisa estacionar e eu estava ocupando a vaga dela sem ter esse direito. Para mim, essa multa serviu para que eu não repita esse erro”, admitiu o músico.
Apenas em março, foram aplicadas mais de 330 multas de trânsito. O número de autuações também foi elevado nos meses de maio e dezembro, por conta das operações de trânsito realizadas no período.

Campanhas

“Em maio, acontece o Maio Amarelo e em dezembro realizamos as operações de controle de trânsito nas férias. Por conta dessas operações, o número de autuações sobe, pois infelizmente muitos motoristas ainda conduzem os veículos com alguma irregularidade”, comentou o presidente da AMT, Paulo Moura.
Ainda segundo o presidente, a presença dos agentes de trânsito da AMT nas ruas de Ji-Paraná inibe prováveis infrações dos motoristas.
“Quando o motorista vê o agente ele coloca o cinto de segurança ou deixa o telefone de lado. Apenas pelo fato do agente estar na rua, o condutor se comporta melhor e evita cometer infrações”, afirma Paulo.
A maioria das multas aplicadas pela AMT é realizada pela fiscalização sem a abordagem aos motoristas. As infrações mais comuns são a falta de cinto de segurança, parar em faixa de pedestre, estacionar em local proibido ou em vagas preferenciais e passar pelo sinal vermelho.
De acordo com o presidente da AMT, todo processo burocrático da autuação é realizado pelo Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (Detran-RO). A AMT é responsável pela anotação da placa e da infração cometida.


Fonte: Marco Augusto


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.