FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Boa noite! Domingo, 25 / 02 / 2018
AEDES AEGYPT
Município em alerta para surto da dengue

Data da notícia: 2018-01-16 12:36:08
Foto: Assessoria/Divulgação
A população está sendo chamada para colaborar na campanha
O município de Ji-Paraná está em estado de alerta para surto da dengue, de acordo com os dados do Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypt (LIRAa). O relatório do LIRAa ainda apontou que cerca de 44% dos criadouros dos mosquitos estão dentro dos quintais das residências.
Mesmo com o estado de alerta, o número de casos confirmados das doenças transmitidas pelo Aedes está controlado em Ji-Paraná. Em 2017 a prefeitura registrou 313 notificações de casos suspeitos da dengue, 10 casos confirmados por critério epidemiológico para zika vírus, oito casos positivos laboratorialmente para chikungunya.
No fim do ano passado, a assistente social Sabrina Goulart foi uma das pessoas infectadas pelo vírus da dengue. A jovem contou que sofreu com a doença por cerca de oito dias.
“Fiquei doente por uns oito dias, com febre de 39 graus, não conseguia nem abrir os olhos direito. Eu tomei remédio e bebi muito líquido, água de coco e suco. Não conseguia comer direito, sentia muita dor no corpo e dor de cabeça”, afirmou a assistente social.
Quem apresentar algum sintoma da doença deve procurar um médico. O profissional deverá encaminhar, caso necessário, ao Laboratório de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), onde serão feitos testes rápidos para dengue, zika e chikungunya.
O resultado do exame fica pronto em 20 minutos, caso o teste dê positivo, o paciente inicia o tratamento e a equipe do laboratório colhe a sorologia e encaminha ao Laboratório Central de Saúde Pública de Rondônia (Lacen), em Porto Velho, onde será feita a confirmação. O próximo passo será a aplicação do fumacê na região onde mora o paciente para eliminar os focos do mosquito.
Para combater o mosquito é preciso que a população colabore na eliminação dos locais que acumulem água, como tampinha de garrafa, copos e latas de tintas. A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio do Departamento de Vigilância em Saúde da Semusa, está mobilizando os moradores para que façam uma faxina nos quintais toda sexta-feira.
“Vamos colaborar eliminando os criadouros em casa, pois isso pode nos fazer perder essa briga para o mosquito”, pediu a diretora do departamento, Emanoela Sousa.
Com informações da assessoria de imprensa.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.