FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Boa noite! Sábado, 20 / 01 / 2018
ERA DIGITAL
Detran lança Carteira de Habilitação digital em RO

Data da notícia: 2018-01-10 12:07:42
Foto: Assessoria/Divulgação
O documento possui o mesmo valor jurídico da impressa, evitando constrangimento caso o condutor esqueça a carteira
O novo formato da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), agora na versão digital (CNH-e), foi lançado pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatram). Rondônia é um dos pioneiros a disponibilizar o serviço que garante comodidade e praticidade aos condutores.
A carteira digital já está disponível para o estado e para utilizar, o condutor precisa fazer o cadastro no Portal de Serviços do Denatran, e baixar o aplicativo gratuito disponível na versão mobile pelo play store (Android) e Apple Store (iOS).
Após o processo, o Denatran enviará por e-mail um código de ativação para o usuário, que permitirá o acesso ao aplicativo, e na primeira vez do uso, é preciso criar uma senha de quatro dígitos para armazenar as informações do condutor com segurança.
Para utilizar a ferramenta, o usuário precisa ter a versão mais recente da CNH, com o QR Code, sistema criptografado de acesso de informações. As carteiras tiradas a partir de maio de 2017 contam com o código. Caso a carteira não esteja atualizada, o condutor pode solicitar a segunda via, no valor de R$ 104,00.
A ferramenta possui o mesmo valor jurídico da impressa, evitando qualquer constrangimento caso o condutor esqueça a carteira impressa em casa. Outra vantagem é que a CNH é o documento mais completo e atual, servindo como identificação e facilitando a rotina do cidadão.
Esta é uma das ações do programa de modernização do Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (Detran), que visa à extinção das longas filas e redução da espera para recebimento dos documentos de habilitação e de veículos.

Atenção, Motorista!
O Detran faz alerta para os condutores que optarem por utilizar o documento digital. Embora a CNH-e seja acessível offline é preciso estar atento para a bateria e o correto funcionamento do aparelho.
Para efeitos de fiscalização, se o aparelho estiver descarregado ou não estiver funcionando, será considerado que o condutor não está portando o documento. O motorista será autuado por conduzir veículo sem os documentos de porte obrigatório e autuado com multa de R$ 88,38, perde três pontos na CNH e retenção do veículo até a apresentação do documento.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.