FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Boa noite! Sábado, 20 / 01 / 2018
JI-PARANÁ
Hospital registra 19 nascimentos em 2018

Data da notícia: 2018-01-08 12:02:29
Foto: Assessoria/Divulgação
Rayana Rosa é mãe do pequeno Davi que nasceu pesando 3,8 quilos e medindo 50 centímetros
O Hospital Municipal Doutor Claudionor do Coutro Roriz registrou 19 nascimentos nos quatro primeiros dias de 2018. Foram sete partos normais e outros 12 por cesariana.
A primeira mãe de 2018 no município foi a adolescente Rayana Rosa de Sousa, de 16 anos. A jovem passou a virada do ano no hospital municipal esperando a chegada do pequeno Davi, que nasceu na manhã do dia 1º, com 50 centímetros e cerca 3,8 quilos.
Rayana mora em Ouro Preto do Oeste e foi encaminhada para Ji-Paraná. Segundo o enfermeiro Rafael Papa, o hospital de Ji-Paraná atende mães de diversos municípios da região, por isso é grande o número de nascimentos em poucos dias.

Referência

“Como a gente serve de referência pros (sic) outros municípios, a gente acaba recebendo muitos bebês de fora. O Hospital Municipal recebe pessoas de 16 municípios da região e as mães acabam vindo até Ji-Paraná e nós fazemos os procedimentos”, contou Papa.
O pequeno Nicolas nasceu na última quarta-feira (3) e é o segundo filho de Léa Sousa Silva. Ela passou o fim do ano aguardando a chegada no novo herdeiro.
“Foi bem difícil, a gente estava ansiosa e nada do menino nascer, numa enrolação, e já estava quase desistindo, até que ele veio. Ele estava programado para nascer no dia 25 de dezembro e só veio nessa quarta-feira”, revelou a mãe.
De acordo com o enfermeiro, o número de cesarianas se deve por conta de os municípios menores não terem estrutura suficiente para a realizar a cirurgia. Rafael Papa comentou sobre a importância da realização do Pré-Natal, para mãe e o bebê.
“Dentro do pré-natal, eles vão fazer todos os exames, todas as consultas e tudo que for necessário. Se for identificado que essa mãe ou esse bebê possam ter algum problema, eles serão encaminhados ao pré-natal de alto risco”, assegurou.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.