FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Bom dia! Quarta-feira, 17 / 01 / 2018
ECONOMIA
Ji-Paraná se destaca na geração de empregos

Data da notícia: 2017-12-29 12:30:55
Foto: Assessoria/Divulgação
A cidade tem atraído muitos empreendimentos dos setores atacadista e varejista
Ji-Paraná é o município que mais gerou empregos em 2017 no estado de Rondônia, segundo dados divulgados na quarta-feira (27) pelo Ministério do Trabalho, por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).
Segundo o levantamento, foram gerados mais de mil empregos com carteira assinada somente no mês de novembro. Na comparação com o mesmo período de 2016, o município alcançou aumento de 4,26% na criação de novos empregos.
A capital do estado, Porto Velho, registrou diminuição de aproximadamente 1,22% nas vagas de empregos em relação ao mesmo período do ano passado.
Para o prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires (PSB), o bom momento vivenciado pela segunda cidade do estado é devido à chegada de grandes investimentos públicos e privados.
“A cidade tem recebido investimentos em diversos setores. Na área pública, por exemplo, estão em construção oito escolas públicas, um centro de reabilitação, duplicação da área física do Hospital Municipal Claudionor Roriz com nove obras em execução, dois postos de saúde, uma UPA [Unidade de Pronto Atendimento], dois residenciais pelo Programa Minha Casa Minha Vida e outras 36 obras de menor porte”, informou.
No setor privado, indústrias como Bernardo Alimentos, Campilar, os frigoríficos Distriboi e Marfrig, estão em franca expansão.
A cidade tem atraído ainda empreendimentos para os setores atacadistas e varejistas, caso do Taí Atacarejo, Atac Gonçalves, Hipermecado Irmão Gonçalves e Atacadão do grupo Carrefour que deverá ser inaugurado no inicio de 2018.
Jesualdo Pires citou outros empreendimentos da iniciativa privada como concessionárias de automóveis e diversas franquias de pequeno e médio portes.
O relatório do Ministério do Trabalho mostra ainda que os números de empregos em todo o Brasil continuam em retração, mesmo tendo melhorado no último mês. A região Norte, por exemplo, com ampliação do número de pessoas contratadas, fechou novembro com um saldo negativo de menos 398 postos de trabalho, em relação a 2016.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.