FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Bom dia! Quarta-feira, 17 / 01 / 2018
SÃO FRANCISCO
Gislaine participa da soltura de quelônios no rio Guaporé

Data da notícia: 2017-12-27 11:23:56
Foto: Assessoria/Divulgação
A prefeita Gislaine Clemente, deputado estadual José Lebrão e equipe participaram da soltura dos animais
No mês de dezembro, o projeto Quelônios do Guaporé, promovido pela ONG Ecovale, realizou a soltura de milhares de tartarugas no rio Guaporé, na cidade de São Francisco do Guaporé, município rondoniense na fronteira com a Bolívia.
O projeto existe há 18 anos e conta com o apoio do governo de Rondônia, Ibama e entidades públicas e privadas. Pelos trabalhos desenvolvidos, a Ecovale já recebeu prêmios e reconhecimento em todo o país e foi pauta de reportagens fora do Brasil.
A devolução ao rio foi de aproximadamente 5 mil quelônios, de um total de 1,5 milhão de filhotes que foram resgatados, antes da repentina subida das águas. Pelos cálculos dos praieiros, morreram mais de 800 mil antes do tempo de eclosão devido à cheia.
O trabalho de soltura faz parte das ações do Programa Quelônios da Amazônia (PQA), que é desenvolvido pelo Ibama e tem o objetivo de preservar os quelônios. Agentes do Ibama, pesquisadores, biólogos e moradores da região se revezam na luta pela sobrevivência da espécie, com a ajuda da Ecovale Associação Comunitária Quilombola e Ecológica do Vale do Guaporé, que controla aproximadamente oito praias ao longo do Vale do Guaporé, no sentido de proteger a desova dos quelonios contra predadores.
Entre 29 de setembro e 10 de novembro deste ano, mais de 10 mil fêmeas colocaram os ovos no principal sítio reprodutivo da espécie na região Norte do Brasil. O ciclo de reprodução dos quelônios ocorre entre os meses de outubro e janeiro.
A soltura contou foi realizada na presença de várias autoridades entre elas o Superintendente de Turismo do Estado de Rondonia Julio Olivar, o deputado estadual Lebrão, a prefeita de São Francisco Gislaine Lebrinha, a superintendente-adjunta do Ibama, Janete Lima, vereador Braz Correia e o coordenador da Ong EcoVale Zeca Lula.
A entidade não governamental trabalha na preservação de quelônios no Vale do Guaporé, há quase duas décadas. Segundo Zeca Lula, a grande incidência de chuva no período prejudicou as previsões de técnicos da Ecovale que era de soltar 2 milhões de tartaruguinhas.
A prefeita Gislaine Lebrinha agradeceu o convite e parabenizou o trabalho realizado que é de grande importância para o meio ambiente. Ela reforçou a parceira dos poderes Executivo e Legislativo que apoiam o projeto realizado pela Eco Vale.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.