FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Bom dia! Quarta-feira, 17 / 01 / 2018
JULGAMENTO
PMs acusados de formar grupo de extermínio são inocentados

Data da notícia: 2017-12-14 11:47:43
Foto: Divulgação
A Justiça julgou improcedente a ação penal proposta pelo Ministério público de Rondônia
A justiça inocentou, na terça feira (12), oito policias militares acusados pela Polícia Federal de integrarem um grupo de extermínio no município de Jaru.
Os policias foram presos em 7 de julho 2016 na mega Operação da Polícia Federal intitulada “Mors” que gerou repercussão nacional e mobilizou mais de 250 policias federais, 50 viaturas e três aeronaves, sendo dois helicópteros e um jato.
Durante o desdobramento da operação, a PF chegou a imputar aos policias a autoria de dezenas de homicídios, conhecidos como crimes da “Moto Preta”, porém após um ano e quatro meses de investigação, a PF não conseguiu provar nenhuma das acusações.
O descrédito da operação começou em 13 de março de 2017, com a elucidação, pela Polícia Civil, dos assassinatos do advogado A.W. e de A.C.R. crimes que criaram grande comoção e chegou a ser creditado pela Polícia Federal ao grupo de extermínio formado pelo policias militares.
Em análise, o Poder Judiciário de Jaru, por meio dos magistrados, Luís Marcelo Batista da Silva, Rogério Montai de Lima e Denise Pipino Figueiredo, julgou improcedente a ação penal proposta pelo Ministério público de Rondônia, e absolveu os policias das acusações.


Fonte: JaruOnline


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.