FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Boa noite! Segunda-feira, 22 / 01 / 2018
JI-PARANÁ
Passos que Salvam acontece neste domingo

Data da notícia: 2017-11-27 11:14:10
Foto: Assessoria/Divulgação
Participantes vão sair da Paróquia São José (2º distrito) até o ginásio de esportes Gerivaldão, no centro
Neste domingo, acontece a sexta edição da Caminhada Passos que Salvam – Todos juntos em direção à cura do câncer infantojuvenil. A largada será a partir das 8 horas, na Paróquia São José e os participantes caminham juntos até o Ginásio de Esportes Gerivaldo José de Souza (Gerivaldão).
A caminhada marca também as comemorações do aniversário de 40 anos da emancipação política do município de Ji-Paraná.
“A ação, que visa sensibilizar e despertar a população para o diagnóstico precoce e prevenção do câncer infantojuvenil, está sendo organizada pelo Hospital de Câncer de Barretos (HCB), com o apoio da equipe do Grupo de Apoio aos Portadores Câncer (GAPC)”, informou a coordenadora voluntária do HCB no município, Silvia Cristina.
Para o evento, foram vendidos kits com boné, blusa e uma sacola personalizada, por R$ 35. O dinheiro será revertido para o Hospital do Câncer de Barretos utilizado no tratamento das crianças.
O dinheiro arrecadado com a venda dos kits será revertida ao Hospital do Câncer em Barretos, no estado São Paulo.
Somente em 2017, cerca de 15 crianças foram encaminhadas ao HCB com diagnóstico de algum tipo de câncer infantil.
Neste ano, a expectativa é de que mais de 500 cidades de todo o país participem da caminhada. Em Rondônia, 39 municípios participarão da ação.
Toda a arrecadação com os kits é destinada para a manutenção da infraestrutura e tratamento das crianças e adolescentes atendidas pelo HCB.
“A Caminhada é muito importante. Uma vez que o sucesso do tratamento depende da habilidade em detectar a doença quando ela ainda está no início, disseminar as informações sobre prevenção e diagnóstico precoce para a população e para os profissionais de saúde, é extremamente necessário para que a criança possa iniciar um tratamento adequado em centros especializados”, comentou Silvia Cristina.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.