FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Boa madrugada! Terça-feira, 23 / 01 / 2018
CIRURGIA
Médico diz que Temer reage bem e pode retomar atividades

Data da notícia: 2017-11-26 10:16:33
Foto: ABr
O presidente Michel Temer reagiu bem ao procedimento cirúrgico a que foi submetido na noite de sexta-feira (24), no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Temer passou pelo processo de desobstrução de três artérias do coração, seguido da implantação de stents em duas delas, informou hoje (25) o cardiologista Roberto Kalil Filho, que atende ao presidente.

Segundo o médico, a avaliação das três artérias revelou que elas tinham obstruções relevantes. Foram realizadas angioplastias nas três, que é o processo de desobstrução. Em duas delas, houve a necessidade de implantar stents, pequenos mecanismos semelhantes a bobes de cabelo que mantêm as artérias abertas e permitem que o sangue passe normalmente.

O procedimento não é considerado invasivo, sem cortes nem incisões. Todo ele é feito por meio de uma pequena sonda, que, no caso de Temer, foi introduzida pela artéria femural, na altura da virilha.

Temer anda pelo quarto do hospital

Segundo o médico, o presidente se recupera bem e já anda pelo quarto. O tempo previsto de recuperação é de 48 horas, período em que ficará internado na Unidade Coronariana do hospital.

Ele terá alta na manhã de segunda-feira, quando retoma suas atividades rotineiras. “O presidente é um homem saudável, que pratica atividades físicas; então a reação é ótima”, afirmou Kalil.

Temer passou também pela revisão de um procedimento na próstata realizado em 27 de outubro, por causa de uma desobstrução do canal uretal. A avaliação concluiu que a recuperação está evoluindo satisfatoriamente.

Temer deu entrada no hospital às 19h04 para revisão médica e, após reavaliação urológica, iniciaria um cateterismo. O procedimento consiste em uma introdução de um catéter (tubo extremamente fino) pela artéria do braço ou da perna que vai até o coração e serviria para investigar uma obstrução parcial em uma artéria coronariana.


Fonte: Décio Trujilo - Agência Brasil


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.