FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Boa noite! Quarta-feira, 17 / 01 / 2018
INVERNO AMAZÔNICO
Defesa Civil alerta para prevenção de riscos no período chuvoso em RO

Data da notícia: 2017-11-24 11:33:54
Foto: Divulgação
Coordenador da Defesa Civil, tenente Arthur Luiz de Souza, afirmou que as chuvas estão abaixo da média
Embora o volume de chuvas ainda esteja abaixo da média nesse início de inverno amazônico, o momento exige mobilização das prefeituras. É isso o que a Defesa Civil de Rondônia vem buscando, conforme disse ontem (23) o coordenador do órgão, tenente Bombeiro, Artur Luiz Santos de Souza.
“Chuvas ainda são regulares, mas convém a todos cuidar de suas deficiências para evitar situações aflitivas se ocorrer ventania e temporais que põem abaixo fachadas de estabelecimentos, telhados, arrancam árvores do lugar e influem no desbarrancamento”, alertou.
Das cidades mais atingidas por temporais, em 2015, Buritis até hoje vive fases de reconstrução, informou o tenente Arthur de Souza. O município é amparado diretamente por recursos da União para reconstituição de serviços essenciais, via Ministério da Integração Nacional.
Na quarta-feira, dia (22), a Superintendência Estadual de Licitações (Supel) abriu o último lote com apresentação de propostas para obras de recuperação de dezenas de pontes destruídas nos municípios de Guajará-Mirim (na fronteira brasileira com a Bolívia), Nova Mamoré e Pimenta Bueno.
Segundo o coordenador, os serviços estão avaliados em R$ 15 milhões, cabendo à Supel licitar as obras, e ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER) executar contratos e fiscalizá-las.
No biênio 2017/2018, a Defesa Civil se dedica a fiscalizar e avaliar resultados de obras de reconstrução em áreas afetadas pela grande cheia de 2014.
“As prefeituras estão novamente alertadas, existe um trabalho de aproximação com os municípios”, anunciou o tenente Arthur Luiz. No entanto, ele voltou a apelar para que a defesa civil seja prioridade de todos e seja incluída na pauta de obras e projetos públicos. “A exceção é Porto Velho”, frisou.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.