FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Bom dia! Terça-feira, 21 / 11 / 2017
BANCO DE LEITE
Silvia anuncia R$ 147 mil para banco de leite

Data da notícia: 2017-11-10 11:31:34
Foto: Marcos Gomes/Divulgação
A vereadora Silvia Cristina foi a autora do projeto de criaçãodo Banco de Leite Materno em Ji-Paraná
Estão disponíveis na conta do Fundo Municipal de Saúde da Prefeitura de Ji-Paraná R$ 147,5 mil do Ministério da Saúde (MS) para aquisição de equipamentos e implantação do banco de leite (BL) materno no Hospital Municipal Claudionor Roriz. O dinheiro foi obtido com emenda do senador Acir Gurgacz (PDT).
O projeto para criação do banco de leite foi proposto pela vereadora Silvia Cristina (PDT). Na sessão da Câmara Municipal de Ji-Paraná de terça-feira (7), ela fez o anúncio que os recursos estavam disponíveis para iniciar o processo de licitação para compra dos equipamentos e o posterior funcionamento do BL.
“Nem todas as mulheres, a partir do momento que elas têm o prazer e o dom de ser mãe possuem o leite materno. Algumas não alcançam essa graça. Então, a partir do momento que esse banco de leite for instalado em nossa cidade, nós teremos a garantia de salvar a vida de recém-nascidos”, assegurou Silvia Cristina.
Segundo a vereadora, o BL dará a oportunidade de uma vida com mais saúde aos bebês. “Nós temos a certeza de que o alimento mais saudável para o recém-nascido, ao menos até o seis meses de vida, é o leite materno”, admitiu. No estado de Rondônia, apenas a cidade de Porto Velho possui um banco de leite.
Os BL são iniciativas públicas vinculadas a hospitais e maternidades, responsáveis por promover o aleitamento materno e executar as atividades de coleta, controle de qualidade, pasteurização e distribuição do leite pasteurizado às crianças que necessitam dele.
Uma vez considerada apta, a doadora será orientada a fazer a coleta em casa (se preferir) ou então será encaminhada para fazer a doação direta no banco de leite. Caso seja necessário, a lactante poderá contar com orientações de médicos ou enfermeiras para realizar a coleta.
Qualquer mulher saudável, que esteja amamentando e produza mais leite do que o necessário para o seu bebê, pode se tornar uma doadora. Para isso, basta que entre em contato com o banco de leite para fazer a doação. A Secretaria da Saúde de Ji-Paraná deve divulgar informações com a localização do banco de lei e número de telefone para contato.


Fonte: Jairo Ardull


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.