FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Boa madrugada! Domingo, 25 / 02 / 2018
DECEPÇÃO
Ponte Preta vence e amplia jejum do Corinthians

Data da notícia: 2017-10-30 10:21:56
Foto: Fábio Leoni/Ponte Preta
O Corinthians segue com 59 pontos. Sem vencer há quatro rodadas, o líder amargou a segunda derrota consecutiva no Brasileirão ao ser derrotado pela Ponte Preta por 1 a 0, em Campinas (SP). Com a vitória, a Macaca chegou a 35 pontos e, na 17ª posição, ganhou novo ânimo na briga contra o rebaixamento. Também iniciados às 17h deste domingo (29), os outros dois duelos da 31ª rodada terminaram empatados. No Rio de Janeiro, o Fluminense ficou no 1 a 1 com o Bahia. Em Belo Horizonte, Atlético/MG e Botafogo não saíram do 0 a 0.

No Orlando Scarpelli, a Ponte começou assustando com Danilo aos 11 minutos. Em cruzamentos na área, o Corinthians também levou perigo com Jô, aos 22, e Gabriel, que acertou o travessão aos 32. Na mesma moeda, a Macaca abriu o placar aos 39 minutos. Após bola levantada por Jeferson, Lucca apareceu sozinho para cabecear forte e fazer 1 a 0 para os donos da casa. Os visitantes voltaram do intervalo pressionando, mas Rodriguinho parou na grande defesa de Aranha aos quatro minutos. Na reta final, o goleiro brilhou novamente e garantiu o triunfo da Ponte Preta.

Com gol relâmpago, o Bahia saiu na frente do Fluminense no Maracanã. Logo aos dois minutos de jogo, Zé Rafael fez grande jogada individual e serviu Edigar Junio, que tocou na saída do goleiro Diego Cavalieri, 1 a 0. O Tricolor carioca respondeu aos 31 com Gustavo Scarpa. Dentro da área, o meia ajeitou, cortou a marcação e finalizou cruzado para empatar o duelo, 1 a 1. No segundo tempo, o Fluminense parou nas boas defesas de Jean, o Bahia pecou na pontaria e o empate permaneceu até o fim.

No Independência, o duelo de alvinegros começou agitado. Com as duas equipes buscando o gol, as oportunidades surgiram logo no início. Aos quatro minutos, o Atlético/MG obrigou o goleiro Gatito a trabalhar em tentativas de Otero. Apostando nas jogadas pelas pontas, o Botafogo também levou perigo, mas o placar permaneceu inalterado no primeiro tempo. Na etapa final, o Atlético sondou o gol adversário, assustou com Otero, acertou a trave com Rafael Moura, aos 38 minutos, mas não balançou as redes. Assim como o Botafogo, que quase marcou com Guilherme aos 29 minutos, mas Victor salvou.

Na noite de domingo (29), três jogos agitaram a briga contra o rebaixamento. Em duelo eletrizante, de sete gols, o Coritiba venceu o Sport por 4 a 3, em Recife, e deixou a zona de rebaixamento. No outro confronto direto contra a degola, Vitória e Atlético/GO ficaram no 1 a 1 em Salvador. Lutando para deixar o Z-4, o Avaí recebeu o Grêmio em Florianópolis e empatou em 2 a 2.

Na Ilha do Retiro, Sport e Coritiba protagonizaram um duelo eletrizante. Lutando contra o rebaixamento, as duas equipes buscaram a vitória, e o confronto direto ficou aberto desde o início. Aos cinco minutos, o Coxa saiu na frente com Werley. Aos 29, após desperdiçar pênalti, Diego Souza se recuperou e deixou tudo igual. Aos 39, Henrique Almeida recolocou os visitantes em vantagem, mas André empatou dois minutos depois: 2 a 2. No segundo tempo, Diego Souza repetiu a dose aos 16 minutos e virou para o Leão. O camisa 87 teve a chance de ampliar em nova cobrança de pênalti, mas parou nas mãos de Wilson. Na reta final, o Coritiba cresceu e arrancou a vitória com gols de Jonas e Yan. Com o resultado, o Coxa chegou a 35 pontos, mesma pontuação do Sport, e deixou o Z-4.

Também com 35 pontos, o Avaí segue no Z-4 por ter uma vitória a menos que os rivais. Na Ressacada, o Leão empatou com o Grêmio em 2 a 2. O Tricolor gaúcho foi o primeiro a marcar. Aos 11 minutos, Rafael Thyere aproveitou bola na área e finalizou na saída do goleiro Douglas Friederich, 1 a 0. Aos 28, o time catarinense igualou com Pedro Castro. Aos 35, o Grêmio fez o segundo com Kaio e foi para o intervalo vencendo por 2 a 1. Na etapa final, os donos da casa foram para cima e decretaram o empate aos 17 minutos com Leandro Silva, 2 a 2. Com a igualdade, os gaúchos seguem na quarta posição, com 51 pontos.

No Manoel Barradas, o embate entre Vitória e Atlético/GO também terminou empatado. Na zona de rebaixamento do Brasileirão, as equipes entraram em campo de olho na recuperação. Surpreendendo os baianos, os visitantes abriram o placar logo aos dez minutos de jogo. Luiz Fernando recebeu de Walter e concluiu de primeira para fazer 1 a 0. O gol de empate dos donos da casa saiu na etapa final. Aos 20 minutos, José Wilson soltou a bomba e contou com o desvio no meio do caminho para superar o goleiro Marcos e balançar as redes, 1 a 1. Com o resultado, o Dragão segue na lanterna com 27. Com 34, o Vitória caiu para a 19ª posição.


Fonte: Assessoria CBF


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.