FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Boa noite! Domingo, 17 / 12 / 2017
JI-PARANÁ
Ji-Paraná recebe novos recursos para saneamento

Data da notícia: 2017-10-09 10:11:41
Foto: Assessoria/Divulgação
Os R$ 20 milhões se somam a outros R$ 180 milhões assegurados, em 2015, para o município
O Ministro das Cidades, Bruno Araújo, anunciou que o governo federal vai disponibilizar aproximadamente R$ 20 milhões para implantação do esgotamento sanitário no município de Ji-Paraná.
O anúncio foi feito na cerimônia de entrega de 800 moradias do Residencial Capelasso, na quinta-feira (5).
Segundo o ministro, o dinheiro é um adicional conquistado pelo governador Confúcio Moura junto ao Ministério das Cidades, com o apoio da bancada federal, em Brasília.
O suplemento financeiro se soma a outros R$ 180 milhões já assegurados em 2015. “Até o fim deste ano, voltarei a Ji-Paraná para assinar ordem de serviço juntamente com o governador Confúcio Moura e o prefeito Jesualdo Pires”, garantiu o ministro.
“Ji-Paraná só será contemplada com esses investimentos graças ao governador Confúcio Moura, que se empenhou junto ao governo federal e garantiu os recursos e a contrapartida do governo estadual”, opinou Clederson Viana Alves, o diretor-presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos de Ji-Paraná (Agerji).
O esgotamento sanitário de Ji-Paraná deverá ser executado por um consórcio de empresas.
A primeira tarefa é a elaboração de um projeto técnico e, em seguida, construir uma estação de tratamento na região do 2º Distrito, na estrada que dá acesso ao presídio Agenor Martins de Carvalho. Atualmente, a cidade possui de 5% de rede de esgoto.
Para os moradores do município, a implantação da obra é uma das prioridades para o desenvolvimento de Ji-Paraná.
“É muito importante que uma cidade tenha um bom sistema de saneamento, ainda mais no caso de Ji-Paraná que está em crescimento constante. O tratamento de esgoto melhora demais os municípios e pode proporcionar mais saúde e qualidade de vida, principalmente para moradores de bairros carentes”, afirmou Vilma Maria, moradora do bairro Jardim Aurélio Bernardi.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.