FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Boa madrugada! Sábado, 20 / 01 / 2018
TEIXEIRÓPOLIS
Sociedade promove o 1º Chá Direito de Viver em prol do HC

Data da notícia: 2017-09-26 10:24:52
Foto: Assessoria/Divulgação
Pela primeira vez, Teixeirópolis promoveu leilão desvinculado da campanha de arrecadação da cidade de Ouro Preto do Oeste
Na tarde do último sábado (23), no espaço do Master Eventos, em Teixeirópolis, mais de 300 mulheres estiveram presentes no 1º Leilão Direito de Viver organizado pelo grupo de mulheres “Rosas do Texas”. Neste ano, o grupo auxilia a comissão que, em 2017, organiza no dia 15 de outubro no município o 1º Leilão Direito de Viver em prol do Hospital de Câncer de Barretos, desvinculado da campanha de arrecadação do Leilão de Ouro Preto do Oeste.
O evento contou com a participação de mulheres de vários segmentos da sociedade teixeiropolense e das cidades vizinhas, e além de participarem das brincadeiras e sorteios, elas assistiram à apresentação de um desfile de modas da Mana’s Boutique de Ouro Preto.
Uma grande quantidade de alimentos foi arrecadada na portaria do evento. Os produtos serão destinados ao Hospital de Câncer em Porto Velho.
Segundo Alessandra Coelho, uma das coordenadoras do Chá Direito de Viver de Teixeirópolis, 12 pessoas estiveram à frente da organização, mas o mérito é da população que abraçou a causa. “Desde o primeiro momento que decidimos fazer o evento todas as pessoas se mobilizaram para arrecadar donativos e somos gratos a todos que colaboraram”, agradeceu.
Geraldo Magela Bedetti, presidente da Comissão do 1º Leilão Direito de Viver independente de Teixeiropolis que vai acontecer no Rancho Sombra da Mata, destacou a aceitação à campanha de arrecadação da população urbana e rural e de colaboradores de cidades vizinhas. “Ano passado tudo que arrecadamos foi para Ouro Preto e, em 2017, estamos andando nas linhas arrecadando bezerros. Tem pessoas que doam para o leilão de Urupá e de Ouro Preto, assim como há pessoas de lá que doam para o nosso leilão”, afirmou.

Porque ajudar o Hospital de Câncer?
Em 2016, mais de 2030 municípios de todos os estados do país encaminharam pacientes aos cuidados do HCB. Somente no município de Porto Velho, Unidade Amazônica, foram realizados 25.582 atendimentos para 8.915 pacientes.
Deste total, 2023 casos novos foram cadastrados no Hospital em Rondônia. O tratamento é gratuito graças às ações beneficentes e milhares de pessoas e voluntários que ajudam a causa.
Especialmente em Porto Velho, está sendo construída a nova unidade – o Hospital de Câncer da Amazônia – que irá atender pacientes da região Norte e parte da região Centro-Oeste. A nova sede terá como principal objetivo priorizar um atendimento digno, pois contará maior número de leitos, salas de centros cirúrgicos, ampliação das especialidades que visam garantir o atendimento multidisciplinar – como Hematologista, Neurocirurgião, ortopedista e oncopediatra.


Fonte: Assessoria


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.