FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Assine a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Boa noite! Sábado, 20 / 01 / 2018
Deciso foi tomada pela 3 vara criminal
Procuradora de Ji-Paran vai para priso domiciliar

Data da notícia: 2017-08-31 10:15:23
Foto: Redetv/Reproduo
Servidora pblica foi presa na ltima quinta-feira (24) em desdobramento da Operao Assepsia
A procuradora do municpio de Ji-Paran, presa na quinta-feira (24), em desdobramento da Operao Assepsia, foi transferida para o regime de priso domiciliar. A deciso foi do juiz Oscar Francisco Alves Junior, da 3 Vara Criminal.

A servidora comissionada da Procuradoria Geral do Municpio (PGM) estava detida em uma cela especial no Batalho da Polcia Militar (BPM). Porm, nenhum presidio de Ji-Paran conta com o benefcio de cela especial.

O juiz da 3 Vara Criminal de Ji-Paran, Oscar Francisco Alves Junior, concedeu o benefcio para que a suspeita cumpra a recluso em domicilio, atendendo a pedido da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Ji-Paran.

A procuradora do municpio foi presa na ltima quinta-feira, em mais um desdobramento da Operao Assepsia. A servidora acusada de extorquir moradores para conceder a regularizao de terrenos na Secretaria Municipal de Regularizao Fundiria e Habitao (Semurfh), prometendo facilitar o processo de regularizao fundiria dos terrenos.

Segundo a Polcia Civil, a servidora acusada de crimes de falsidade ideolgica, associao criminosa e corrupo, que teriam sido cometidos na poca em que ela era titular da Semurfh.

O servio de investigao do caso correu em sigilo e, h dois meses, a Polcia Civil cumpriu um mandado de busca e apreenso na Semurfh. Segundo o delegado Cristiano Mattos, responsvel pelo caso, documentos que comprovavam os crimes foram localizados.


Fonte: Marco Augusto


Compartilhe com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.