FALE CONOSCO     |     INTRANET     |      QUEM SOMOS
 Conheça a revista PONTO M  
SIGA O CP       ANUNCIE AQUI

Bom dia! Sábado, 24 / 06 / 2017
DENGUE
Dengue despenca 91% no primeiro trimestre em SP

Data da notícia: 2017-05-09 09:23:11
Foto: Paulo Whitaker/Reuters
Casos de dengue caíram de 168 para apenas 14
Má notícia dos últimos verões após sucessivas epidemias, os casos de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti registraram vertiginosa queda em São Paulo neste primeiro trimestre de 2017.

Levantamento mais recente do CVE (Centro de Vigilância Epidemiológica), da Secretaria da Saúde do governo do Estado, mostra redução de até 79% no número de notificações e de até 91% no total de confirmações de dengue, zika e chikungunya na comparação com 2016.

Os casos de dengue – tanto autóctones (contraídos na cidade) como importados – caíram de 168 para apenas 14 (-91%). De zika, a queda foi de 37 para 3 (-91%) e de chikungunya, de 241 para 27 ocorrências (-88%).

Coordenador do Comitê de Arboviroses da Sociedade Brasileira de Infectologia, Antônio Bandeira afirmou que a queda – percebida também em outras partes do país – foi intensa por causa da epidemia dos últimos dois anos. “Tivemos, provavelmente, muito mais casos do que o notificado. E, como muita gente entrou em contato com essas doenças, adquiriu imunidade, o que reduziu a velocidade de contágio neste ano”, disse Bandeira.

Segundo o coordenador, mais do que as ações do poder público e o cuidado da população, foi o “processo natural da infecção” pela dengue, zika e chikungunya que provocou a queda. “Não vejo outro fator: ainda não temos vacinas e as políticas de combate ao mosquito não foram assim tão radicais. Portanto, como as condições continuam aí, podemos ter aumento no número de casos no próximo ciclo se não tomarmos providências”, afirmou Bandeira.

A Covisa (Coordenação de Vigilância em Saúde), da Prefeitura de São Paulo, informou que sua política de prevenção e combate ao Aedes aegypti segue as diretrizes do governo federal. O CVE não se pronunciou.


Fonte: BandNews


Compartilhe esta notícia com seus amigos:





www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.